Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé
II Encontro Pedagógico Regional debateu inovação e metodologias ativas

Publicado em: 15 Jan 2019 | INSTITUCIONAL

 

Aprender é um exercício constante e para os profissionais atuantes em educação profissional não é diferente.


FOTO: Comunicação Senac Pará

O II Encontro Pedagógico Regional do Senac no Pará ocorreu nos dias 10 e 11 de janeiro, no Hotel Regente, em Belém, reunindo gestores e assessores pedagógicos para apresentações, debates, palestras e oficinas. O objetivo do evento foi de alinhar conhecimentos e compartilhar boas práticas entre as equipes pedagógicas das 11 unidades distribuídas por Belém, Barcarena, Castanhal, Capanema, Marabá, Parauapebas, Redenção e Santarém.

O presidente do Conselho Regional do Senac e do Sistema Fecomércio-PA, Sebastião Campos, abriu a programação com a acolhida aos participantes. “É muito positivo haver esta integração entre as pessoas que fazem o Senac. Nós temos um trabalho muito importante para a sociedade, então devemos estar constantemente nos capacitando, atualizando para prestar um serviço cada vez melhor. A Diretora Regional, Vânia Vicentini, também participou da abertura, dando às boas-vindas aos representantes dos Centros e Núcleos de Educação Profissional e das Coordenadorias.

Em seguida, os participantes fizeram apresentações de boas práticas, trazendo cases de Projetos Integradores que se destacaram em turmas do Modelo Pedagógico Senac. Um dos diferenciais da proposta didática do Senac, o Projeto Integrador é a unidade curricular desenvolvida no decorrer do curso, baseado na metodologia de ação-reflexão-ação, onde são propostas situações desafiadoras para que os alunos executem.

Alguns exemplos de ações explanadas no encontro foram: a criação de Manual de Qualidade para Supermercados, loja virtual de livros, programação de aplicativo para smartphones, realização de Café Colonial, jardinagem sustentável e Game Show.

No turno da tarde foi ministrada a oficina de Metodologias Ativas da Aprendizagem e Ambientes de Aprendizagem, com a formação de grupos de trabalho para discussão do tema, o qual coloca o aluno como protagonista no processo educacional.


PALESTRA ESPECIAL
O ponto alto do evento foi a palestra “Os desafios da avaliação no séc. XXI”, com a professora Ph.D em Educação e Psicologia, Thereza Penna Firme, detentora de especial formação acadêmica em avaliação de aprendizagem.
 

Trazendo relatos de vivências e de seus estudos, Penna Firme propôs uma reflexão sobre a evolução do conceito de avaliação e como a prática, por vezes, não acompanha estes avanços teóricos.

“A capacitação do educador no que se refere aos padrões da verdadeira avaliação, em termos de utilidade, viabilidade, ética e precisão é crucial e urgente para que a avaliação cumpra o seu propósito de promover a transformação”, afirmou a especialista, que também resumiu: “avaliar o aluno é descobrir suas potencialidades, para promover o seu desenvolvimento pleno, procurando evitar falhas neste processo, ou corrigi-las a tempo. Essencialmente remover tropeços e bloqueios no direito de seguir aprendendo. Para isto é necessário ter observação sensível e constante, e o diálogo criativo entre o docente e o aluno, em que ambos compartilhem critérios, juízos e decisões de rumo. Neste sentido, avaliação da aprendizagem é um processo natural e contínuo e não um evento isolado. Transparente e não secreto. Participativo e não autoritário. Para alcançar o seu propósito mais elevado, que é o de promover o aperfeiçoamento do aluno”.

Após o intervalo do segundo dia, as atividades continuaram com a oficina de Projetos Integradores e Inovação, enfatizando a importância do planejamento da ação docente e as infinitas possibilidades de impressão das marcas formativas do Senac: atitude empreendedora, domínio técnico-científico, visão crítica, atitudes sustentável e colaborativa.

Waldilea Borges, Assessora Técnica do Centro de Educação Profissional do Senac em Parauapebas (CEP Parauapebas), considera que o Encontro Pedagógico Regional contribui para fortalecer o Modelo Pedagógico Senac. “Acredito que encontros como este são fundamentais, pois trazem motivação profissional, agregam valores ao que multiplicamos nas unidades educacionais. São momentos de debates, troca de experiências muito ricas, criando uma unicidade do trabalho. Além disso cria uma sinergia do trabalho em todo o regional”, complementou.

O evento totalizou 150 participantes, com a presença dos instrutores dos cursos do Senac na palestra de Thereza Penna Firme. Para a Diretora de Educação Profissional (DEP) do Senac no Pará, Cláudia Vasconcelos, momentos assim reafirmam o propósito institucional e fortalecem os profissionais. “Nosso posicionamento frente à educação é educar de maneira diferenciada, inovadora para o trabalho. Nós, enquanto gestores do Departamento Regional do Senac Pará, somos incansáveis no alcance dos objetivos estratégicos da instituição, e um deles é consolidar o Modelo Pedagógico do Senac”, pontuou.

Créditos: Comunicação Senac Pará
Confira todas as fotos na galeria abaixo:
 

Galeria de fotos


Em caso de dúvidas, entre em contato através de nossa Central de atendimento ou através de nossa fanpage no Facebook.




Mais notícias

Mais notícias



Em caso de dúvidas

Entre em contato conosco.

0800 701 4492
atendimento@pa.senac.br