Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a busca Ir para o rodapé

Em Belém
Veja no mapa

1800 horas

Saúde

O Técnico em Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.

No ambiente intra-hospitalar atua na assistência direta e indireta aos clientes das unidades de baixa, média, alta complexidade e de cuidados paliativos; participa de comissões de certificação de serviços de saúde, tais como núcleo de segurança do paciente, serviço de controle de infecção hospitalar, gestão da qualidade, gestão de riscos, comissões de ética de enfermagem, transplantes, óbitos e outros.

No ambiente extra-hospitalar atua em diferentes tipos de instituições, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de parto normal, unidades de pronto atendimento, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência e centro de referência de atenção à saúde; atua, ainda, em instituições que prestam atendimento pré-hospitalar e serviços de diagnósticos, de resgate, remoção e transporte de clientes e em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.

O Técnico em Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Compõe e interage com a equipe interdisciplinar e multidisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.

O profissional habilitado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.

A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é “cuidar” e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 – Regulamentação da Lei n° 7.498/86.

 

A seguir estão as competências que compõem o perfil do Técnico em Enfermagem:

  • Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.
  • Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.
  • Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.
  • Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.
  • Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.
  • Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.
  • Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.
  • Atuar em programas de qualidade e certificação hospitalar.
  • Administrar medicamentos de alta vigilância e hemocomponentes.
  • Prestar assistência de enfermagem em urgência e emergência.
  • Prestar assistência de enfermagem em cuidados críticos.
  • Prestar assistência de enfermagem em cuidados paliativos.

 

O curso de habilitação técnica de nível médio em Enfermagem do Senac possibilita ao aluno a seguinte certificação intermediária:

 

Auxiliar de Enfermagem

O Auxiliar de Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.

Atua na assistência direta e indireta de enfermagem em unidades de baixa complexidade em ambientes intra e extra-hospitalar, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência, laboratórios e centros de referência de atenção à saúde, além de atuar em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.

O Auxiliar de Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Interage com a equipe interdisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.

O profissional qualificado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.

A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é “cuidar” e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 – Regulamentação da Lei n° 7.498/86.

 

A seguir estão as competências que compõem o perfil do Auxiliar de Enfermagem:

  • Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.
  • Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.
  • Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.
  • Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.
  • Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.
  • Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.
  • Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.

Próxima turma

As matrículas são feitas presencialmente na unidade onde será realizado o curso.
Verificar junto a unidade o tipo de oferta: presencial, remoto ou semipresencial.

Cidade
Período das aulas
Horário
Frequência
Investimento
Cidade: Belém
Veja no mapa
Últimas vagas!
Período das aulas:
17/01/2022 até 13/10/2023
Horário: 13:30 às 17:30
Frequência: Segunda-feira a Sexta-feira

Mais informações! Matrícula na unidade

Saiba mais sobre Técnico em Enfermagem!

O Técnico em Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.



No ambiente intra-hospitalar atua na assistência direta e indireta aos clientes das unidades de baixa, média, alta complexidade e de cuidados paliativos; participa de comissões de certificação de serviços de saúde, tais como núcleo de segurança do paciente, serviço de controle de infecção hospitalar, gestão da qualidade, gestão de riscos, comissões de ética de enfermagem, transplantes, óbitos e outros.



No ambiente extra-hospitalar atua em diferentes tipos de instituições, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de parto normal, unidades de pronto atendimento, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência e centro de referência de atenção à saúde; atua, ainda, em instituições que prestam atendimento pré-hospitalar e serviços de diagnósticos, de resgate, remoção e transporte de clientes e em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.



O Técnico em Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Compõe e interage com a equipe interdisciplinar e multidisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.



O profissional habilitado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.



A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é “cuidar” e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 – Regulamentação da Lei n° 7.498/86.



 



A seguir estão as competências que compõem o perfil do Técnico em Enfermagem:




  • Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.

  • Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.

  • Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.

  • Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.

  • Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.

  • Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.

  • Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.

  • Atuar em programas de qualidade e certificação hospitalar.

  • Administrar medicamentos de alta vigilância e hemocomponentes.

  • Prestar assistência de enfermagem em urgência e emergência.

  • Prestar assistência de enfermagem em cuidados críticos.

  • Prestar assistência de enfermagem em cuidados paliativos.



 



O curso de habilitação técnica de nível médio em Enfermagem do Senac possibilita ao aluno a seguinte certificação intermediária:



 



Auxiliar de Enfermagem



O Auxiliar de Enfermagem presta assistência a indivíduos e grupos sociais, atuando na educação, promoção, prevenção, recuperação e reabilitação dos processos saúde-doença em todo o ciclo vital, nos diferentes graus de complexidade do ambiente e gravidade dos clientes nos diversos serviços de saúde.



Atua na assistência direta e indireta de enfermagem em unidades de baixa complexidade em ambientes intra e extra-hospitalar, tais como ambulatórios de especialidades médicas, centros de educação infantil, escolas, instituição de longa permanência, laboratórios e centros de referência de atenção à saúde, além de atuar em programas de saúde pública como Estratégia de Saúde da Família.



O Auxiliar de Enfermagem formado pelo Senac tem como pilares de sua atuação profissional a humanização na assistência em saúde, a segurança do paciente e a postura profissional; é comprometido com a produção do cuidado prestado nos diferentes contextos socioambientais e culturais em resposta às necessidades da pessoa, família e coletividade. Interage com a equipe interdisciplinar e exerce suas atividades sob a supervisão do Enfermeiro.



O profissional qualificado pelo Senac tem como marcas formativas: domínio técnico-científico, visão crítica, atitude empreendedora, sustentável e colaborativa, com foco em resultados. Essas marcas reforçam o compromisso da instituição com a formação integral do ser humano, considerando aspectos relacionados ao mundo do trabalho e ao exercício da cidadania. Essa perspectiva propicia o comprometimento do aluno com a qualidade do trabalho, o desenvolvimento de uma visão ampla e consciente sobre sua atuação profissional e sobre sua capacidade de transformação da sociedade.



A ocupação está situada no eixo tecnológico Ambiente e Saúde, cuja natureza é “cuidar” e pertence ao segmento de Saúde. No Brasil, o exercício profissional é regulamentado pelo Decreto n° 94.406/87 – Regulamentação da Lei n° 7.498/86.



 



A seguir estão as competências que compõem o perfil do Auxiliar de Enfermagem:




  • Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde.

  • Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem.

  • Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos.

  • Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas.

  • Prestar assistência de enfermagem em saúde mental.

  • Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido.

  • Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório.

Objetivo geral:

Formar profissionais com competências para atuar e intervir em seu campo de trabalho, com foco em resultados. 

Objetivos específicos:

  • Promover o desenvolvimento do aluno por meio de ações que articulem e mobilizem conhecimentos, habilidades, valores e atitudes de forma potencialmente criativa e que estimule o aprimoramento contínuo;
  • Estimular, por meio de situações de aprendizagens, atitudes empreendedoras, sustentáveis e colaborativas nos alunos;
  • Articular as competências do perfil profissional com projetos integradores e outras atividades laborais que estimulem a visão crítica e a tomada de decisão para resolução de problemas;
  • Promover uma avaliação processual e formativa com base em indicadores das competências, que possibilitem a todos os envolvidos no processo educativo a verificação da aprendizagem;
  • Incentivar a pesquisa como princípio pedagógico e para consolidação do domínio técnico-científico, utilizando recursos didáticos e bibliográficos.
Acesso Ao Curso:
  • Comprovante de escolaridade:
  • CPF e RG:
  • Cursando, no mínimo, o 2° ano do Ensino Médio:
  • Idade mínima: 18 anos:

Documento Necessário Para Matrícula:
  • Certificado de reservista, para o sexo masculino entre 18 e 45 anos - cópia:
  • Comprovante de residência.:
  • Cópia:
  • Foto 3x4 recente:
  • Título eleitoral:

O candidato deverá também apresentar os seguintes documentos:

  • Documento de identidade e CPF (Cópia e o original para conferência);
  • Certificado de reservista para o sexo masculino;
  • Título de eleitor com comprovante da última eleição (cópia e original para conferência);
  • Certidão de nascimento ou casamento quando houver alteração no nome;
  • Comprovante de escolaridade (Certificado de conclusão do ensino médio ou histórico escolar do ensino médio ou declaração original da escola em que está matriculado);
  • Uma foto 3x4 recente;
  • Comprovante de residência.
  1. Executar ações de prevenção, promoção, proteção, reabilitação e recuperação da saúde
  2. Participar da implementação da sistematização da assistência de enfermagem
  3. Administrar medicamentos, soluções e imunobiológicos
  4. Estágio Profissional Supervisionado – Promoção à saúde
  5. Prestar cuidados de enfermagem de higiene, conforto e monitoramento das condições clínicas
  6. Prestar assistência de enfermagem em saúde mental
  7. Estágio Profissional Supervisionado – cuidado integral de enfermagem
  8. Prestar assistência de enfermagem no período gestacional, parto, puerpério e ao recém-nascido
  9. Prestar assistência de enfermagem no período perioperatório
  10. Estágio Profissional Supervisionado - cuidado especializado de enfermagem
  11. Projeto Integrador Auxiliar de Enfermagem.
  12. Atuar em programas de qualidade e certificação hospitalar
  13. Administrar medicamentos de alta vigilância e hemocomponentes
  14. Prestar assistência de enfermagem em urgência e emergência
  15. Prestar assistência de enfermagem em cuidados críticos
  16. Prestar assistência de enfermagem em cuidados paliativos
  17. Estágio Profissional Supervisionado – cuidado crítico, urgência e emergência em enfermagem
  18. Projeto Integrador Técnico em Enfermagem

Política de descontos

Observações

  1. Os documentos necessários para desconto devem ser apresentados no ato da matrícula.
  2. Os descontos não serão acumulativos e não se aplicam aos cursos promocionais e atendimento corporativo.
  3. No que se refere à concessão de descontos aos comerciários, deverá ser observados os critérios descritos no Art. 6.º da PORTARIA/SENAC/Nº 0213/2016.
  4. Os descontos na modalidade de Educação a Distância seguirão os critérios estabelecidos pela Rede Nacional de Educação a Distância do Senac.



Outros cursos com inscrições abertas

Técnico em Farmácia

Início em 14 fev 2022

Local Belém

Em promoção!

Recepcionista em Serviços de Saúde

Início em 14 fev 2022

Local Belém

Em promoção!Semipresencial

Cuidador de Idoso

Início em 17 jan 2022

Local Belém

Veja todos

Em caso de dúvidas

Entre em contato conosco.

0800 701 4492
atendimento@pa.senac.br