Alunos do Senac participam do "Ver-o-Peso da Cozinha Paraense"

Dez renomados chefs brasileiros vieram a Belém para o evento, e prepararam pratos inovadores na Cozinha de Produção do CEP-Belém

Um evento que reafirmou a posição de destaque da culinária paraense no mundo. Assim pode ser definido o Festival “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”, promovido pelo restaurante “Lá em Casa”, com patrocínio e apoio do Senac-Pará. Dez renomados chefs de todo o Brasil e seis do Pará criaram novas receitas em parceria com as “boieiras” do Ver-o-Peso (mulheres que vendem refeições na feira). As boieiras ficaram responsáveis pelo prato principal, enquanto os chefs fizeram os acompanhamentos, com a preciosa ajuda dos alunos do curso de Cozinheiro Básico do Senac.

Os alunos do Senac acompanharam os chefs durante toda a sua estadia em Belém, desde uma visita ao Ver-o-Peso para conhecer ingredientes típicos da região, um almoço em Icoaraci e o preparo dos pratos na Cozinha de Produção da instituição e no Hotel Hilton. Para o aluno Igor Assis, o contato com grandes profissionais da área favorece o aprendizado. “Em termos de oportunidade é sensacional por termos contato com pessoas que têm nome, e conversar de igual para igual. É uma troca de experiência valiosa”, comentou.

O instrutor de culinária do Senac, Sebastião Santos, lembra que esta é a primeira vez que o Senac participa do evento, que já está em sua nona edição. “É importante que a instituição participe de tudo que está ligado ao mundo da gastronomia, até porque somos reconhecidos nacional e internacionalmente”, opina.

Oriundo de Vitória (ES), o chef Juarez Campos veio ao evento pela quarta vez este ano. Ele acredita ser fundamental a atuação do Senac para o fomento da área gastronômica. “Estão chegando a Copa do Mundo e as Olimpíadas, e o Senac está fazendo todo o trabalho de qualificação da mão-de-obra para esses eventos. Surpreendeu-me muito o fato de aqui ter uma garotada nova e motivada”, elogiou.

A Diretora Regional Wane Luna revela que esta nona edição do Festival é a primeira de muitas que virão com a participação do Senac. “Nossa presença aqui mostra que somos uma instituição séria e que forma profissionais de categoria”, afirmou. Profª Wane falou também sobre a oportunidade de os alunos do Senac interagirem com os melhores profissionais do Brasil, entre eles, o chef Alex Atala, cujo restaurante foi eleito o sétimo melhor do mundo por uma prestigiada revista britânica. “Esse contato é uma experiência ímpar para os alunos. Com certeza isso irá melhorar ainda mais os seus currículos”, disse.

Os chefs paraenses que participaram foram Carmelo Procópio, do Marujo´s; Cristine Klautau, do Maga Bistrô; Daniela Martins, do Lá em Casa; Fábio Sicília, do Famiglia Sicilia; Sandro Mota, do Mania de Pizza, Santarém; e Thiago Castanho, do Remanso do Peixe. Entre os  chefs de outros Estados presentes foram Alex Atala, de São Paulo; Ana Luiza Trajano, de São Paulo; André Saburó, de Recife; Dalton Rangel, de Visconde de Mauá-RJ; Danio Braga, de Petrópolis-RJ; Juarez Campos, de Vitória-ES; Mônica Rangel, de Visconde de Mauá-RJ, e William Chen, de Brasília.

 

Comentários

Ver-o-peso da Cozinha Paraense

Antes de tudo quero parabenizar o SENAC e seus alunos (curso de cozinha básica) pela presença no referido evento. Como ex-aluno desse curso posso afirmar que realmente esta é uma experiência inigualável para quem atua na área da alimentação.
Entretanto, expresso minha preocupação no sentido de quando teremos um curso de formação profissional de nível superior, seja no âmbito de tecnólogo ou bacharelado.
No Brasil, atualmente existem cerca de 96 cursos de gastronomia, há 10 anos eram somente 5 ou 6. Dos cursos atuais apenas 2 estão no Norte do Brasil (Amazonas e Rondônia) - parabéns aos nossos irmãos nortitas que souberam identificar a necessidade de um curso nesse nível, apesar de todos os envolvidos nesse evento afirmarem que a Gastronomia do Pará é uma das mais autênticas do Brasil, conforme sito em meu artigo "Gastronomia Internacional e Hábitos Alimentares Amazônicos: expansão e transformação" (ver em: http://www.ufpa.br/naea/gerencia/ler_publicacao.php?id=460)
Faço alguns questionamentos.
Quando teremos um curso dessa natureza e assim fomentar ainda mais a gastronomia paraense e seus modos de produção?
Quando o poder público irá perceber que a Gastronomia por meio do turismo poderá contribuir para o desenvolvimento Social, Cultural e Econômico do Estado do Pará?
Até quando a iniciativa privada continuará com os olhos voltados apenas para seus próprios empreendimentos?`
É preciso refletir-mos! O patrimônio cultural do Pará, e neste caso a culinária é bastante significativa, deve ser fomentada por todos e para todos.
Quando dividirem este estado, o que sobrará para o Pará? Já que suas reservas de florestais e minerais estarão em Tapajós/Carajás, temos que investir de maneira consciente em turismo e consequentemente em gastronomia.
Aldo Lisboa
Turismólogo (UFPA)
Cozinheiro (SENAC/PA)
Especialista em Gestão da Qualidade em Unidades Produtoras de Refeição (FANUT/UFPA).

Oportunidade e reconhecimento...

É gratificante vermos nossos alunos e futuros profissionais brilhando em eventos grandiosos como foi o 9º Ver-o-peso da Cozinha Paraense, todavia mais gratificante ainda é saber que nossa Insituição se fez presente com grande estilo e excelente representatividade, não somente pelo empenho em buscar esta parceria, de nossa Diretora de Educação Profissional e Diretora Regional Wane Luna, mas também pelo esforço sem medidas de nosso Instrutor Sebastião e seus alunos do Curso de Cozinheiro que não viram dificuldades no encaminhamento da atividade. Parabéns mais uma vez a equipe SENAC que só tem mostrado qualidade e competência em tudo o que faz! Tenho orgulho em compor esta equipe! (Lucélia Cruz-Assistente Técnico)

Participação do Senac/Pa no 9º Ver o Peso

Fiquei feliz ao ler essa notícia da participação do SENAC neste evento. Vejo sempre o Top Chef e Comidas Exóticas transmitidos pela Sky, e é muito bom conhecer as iguarias de cada região e como um prato simples pode transformar-se em algo bem especial.
Parabéns a equipe do Senac e a Diretora Regional Wane Luna, por esforço e dedicação em participar do 9º Ver-o-peso, um evento tão importante para a nossa região, "levando" a nossa rica culinária ao conhecimento de chefs de outros Estados e dando oportunidade aos alunos do SENAC na interação com outros especialistas da área.
Valdenize Oliveira Monma - Ass. Técnica em Contabilidade/SEFIN.